Super Dica de Cinema
  04/01/2021 às 9h06

Pequenos Grandes Heróis


9
0
Pequenos Grandes Heróis

Para aqueles que foram crianças no início dos anos 2000, é bem provável que chegaram a assistir ao filme “As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl”, com aqueles efeitos especiais duvidosos, mas incríveis para época. Na história de 2005, Max um garoto de 10 anos cria um mundo dos sonhos para sair de sua realidade até que os heróis que ele mesmo criou o pedem ajuda para salvar seu planeta!

Agora, 15 anos depois, os heróis mais poderosos (ou esquisitos) a Terra se juntaram numa equipe chamada "Os Heroicos" para enfrentar as ameaças ao planeta. Porém, quando uma invasão alienígena captura todos os Heroicos, é a vez dos seus filhos salvarem o mundo. Clichê? Sim! E o Robert Rodrigues deixa isso bem claro do começo ao fim!

Na nova história, conhecemos Missy (Yaya Gosselin), filha do líder dos Heroicos Marcus Moreno (Pedro Pascal) que apesar de seu antecedente, não possui poderes. Com a invasão alienígena, Missy é levada para ficar em segurança junto aos filhos dos outros Heroicos, mas após receber pistas do futuro, a garota lidera as crianças para o resgate de seus pais.

Sempre com essa visão dos adultos caricatos e as crianças autênticas, a direção de Robert Rodriguez traz essa estética que não perde a essência de seus filmes infantis como a franquia Pequenos Espiões, a Pedra Mágica e o próprio Sharkboy e Lavagirl. Os efeitos não são impressionantes, mas não são insuficientes.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Outro ponto interessante é que Rodriguez sabe que suas produções extrapolam a bizarrice e os aspectos cartunescos, e isso se faz presente novamente. Dos uniformes dos Heroicos, ao interior da nave e até mesmo da base dos heróis, tudo é exagerado e ao mesmo tempo funcional para aquele universo!

A trama, apesar de não ser profunda, se amarra de maneira muito bacana a proposta do filme. As crianças se desenvolvem ao longo da trama entendendo ainda mais suas próprias habilidades, mas em muitos momentos subaproveitadas nas sequências de ação. De todo modo, o filme passa ótimas lições, importantes para crianças e adultos.

O elenco conta com o já mencionado Pedro Pascal, Priyanka Chopra, Sung Kang e a própria Taylor Dooley, a Lavagirl do filme de 2005. E quando Taylor Lautner não foi anunciado de volta no papel de Sharkboy, muitos fãs ficaram decepcionados, mas ao assistir o filme é compreensível já que o foco do filme não se dá nos adultos, mas o maior destaque do filme vem pra Guppy (Vivien Blair) que faz a filha do casal de heróis, roubando a cena com sua fofura!

Pequenos Grandes Heróis é uma produção que afirma ainda mais a assinatura de Robert Rodriguez no cinema voltado para crianças. Sem medo de ser caricato ou exagerado, o diretor continua contando histórias para entreter adultos e crianças! No geral, o longa se enquadra na sua proposta de ser um filme infantil, com toques de humor leve, mas só.

Vale pela nostalgia dos fãs que 15 anos depois podem ver seus heróis preferidos na tela e matar a saudade desse estilo de filme tão amado na infância.

Pequenos Grandes Heróis está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

47
5

Amigos da Super