Super Dica de Cinema
  27/04/2020 às 14h38

Os Irmãos Willoughby


13
2
Os Irmãos Willoughby

Todo mudo alguma vez já pensou que a sua família fosse a mais diferente do mundo!
Sejam os irmãos, os primos, tios, ou até mesmo os pais, pode ter passado na cabeça de qualquer um a possibilidade de fazer mudanças dessas figuras. Tipo o Kevin McCallister em Esqueceram de Mim, pedindo que todo mundo desaparecesse!

Mas esta não é uma história tão simples, como o próprio narrador nos fala logo de início, pois em Os Irmãos Willoughby, existe toda uma trajetória sobre construir um verdadeiro lar e laços que permaneçam, mesmo que não sejam nada convencionais.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Tim, Jane e os Barnabys, os gêmeos, pertencem a família Willoughby, uma linhagem de grandes homens e mulheres que realizaram feitos sensacionais. Contudo este não é o caso daquela família. Sua Mãe e seu Pai os desprezam, a ponto de não demonstrarem qualquer carinho.

Então, os quatro irmãos têm uma ideia: Mandar os pais em uma viagem para que possam se tornar órfãos, mas apesar do plano dar certo, a chegada de uma babá mudará completamente o rumo desta história.

Kris Pearn é quem comanda a produção da Netflix, baseada nos livros de Lois Lowry, onde ele emprega seu conhecimento e experiência por ter colaborado em produções como Tá Chovendo Hambúrguer e Operação Presente.

O que encontramos é uma animação que possui um traço muito semelhante ao de Klaus, mas aqui a computação gráfica empregada ganha uma movimentação de Stop Motion mais elaborada (Animações ou efeitos criados a partir do manuseio de bonecos, objetos, massinhas), o que dá maior evidência aos detalhes e os traços empregados.

Aliás, existe muita diferença entre o desenho da obra original com esta adaptação, já que aqui há muito colorido!

Isso se dá por uma fotografia que abusa dons tons quentes mesclando com ambientações que se acinzentam por conta dos sentimentos, situações e vivencias dos personagens. Esses por sua vez ganham design único, que vão das expressões faciais, olhares aos cabelos de novelo de lã vermelhos. Sem dúvida, visualmente, temos uma produção impecável.

Sem contar no incrível trabalho de dublagem que possui nomes famosos como Terry Crews (As Branquelas), Maya Rudolph (Missão Madrinha de Casamento e The Good Place), Jane Krakowski (Unbreakable Kimmy Schmidt), e Alessia Cara (Moana: Um Mar de Aventuras), que entregam muito dinamismo ao dar vida a cada figura tão peculiar que essa história quer nos apresentar! Logicamente o humor empregado por conta dessas atuações é um show à parte, que vai desde piadas visuais à comentários sarcásticos nas entrelinhas, isso gera um jogo rápido de falas e expressões que deixam tudo mais atrativo!

O texto toma como base o livro de mesmo nome, nos contando então como os irmãos Willoughby vivem, a forma como os pais tratam cada um deles e principalmente o desejo de ser uma família perfeita. E isso move toda a aventura.

A cada novo ato percebemos que a narrativa não vai nos trazer algo tão simples assim, algo que o próprio narrador, um gato recorrente na jornada, irá sempre nos lembrar. Por isso, desde o plano para se tornarem órfãos até o momento que entendem que podem ser família unindo aqueles que talvez não seriam as figuras, considerados por alguns, convencionais, o roteiro vai nos conduzindo nessa linha de pensamento onde podemos criar laços importantes independente de qualquer coisa, nos dando então o poder construir a família que quisermos, onde encontrarmos segurança e amor.

Desta forma, essa descoberta fortalece a pessoa de Tim, que se torna mais confiante em si e menos preocupado com o "legado". Ajuda Jane a se tornar um elo que une os irmãos e torna os Barnabys prontos a colocarem em prática sua inteligência.

Certamente, em algum momento haverá semelhanças com Desventuras em Série, o que gera até alguns easter eggs, mas não é uma comparação válida, já que nesta animação o foco não está apenas no que acontece de ruim.

Ao mesmo tempo, encontramos muitas referências a diferentes obras da cultura pop que vão de Mary Poppins, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Matrix, de um jeito bem peculiar!

Os Irmãos Willoughby é uma fábula sobre ser família, na verdade sobre construir a sua própria família onde talvez ninguém tenha percebido a possibilidade de isso acontecer.
Com uma direção que utiliza com maestria todos os elementos técnicos para dar vida, movimentação e cores à personagens tão icônicos, acaba por trabalhar em conjunto com o roteiro de uma maneira que diverte, faz rir e logicamente, fará adultos derramarem lágrimas ao final!

Certa vez, uma menina que queria voltar pra casa disse que "não existe lugar como nosso lar" e se há algo que esses irmãos ruivos, cheios de criatividade e humor, nos querem ensinar é que nós fazemos este lugar, nem sempre da maneira tradicional, mas ainda sim cercado de afeto, carinho e, principalmente, união!

Laços que se criam de um jeito nada convencional através de uma animação estranhamente bela!

Os Irmãos Willoughby está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

244
43

Amigos da Super