Super Dica de Cinema
  21/04/2020 às 10h14

Milagre na Cela 7


15
0
Milagre na Cela 7

Existem histórias que possuem a capacidade de nos emocionar na sétima arte com pequenos minutos de exibição.

Elas se fundamentam em entregar aos espectadores situações que consigam capturar sua empatia e transbordar isso através das mais diferentes reações, principalmente as lágrimas.

Por isso, Milagre na Cela 7, da Netflix, se torna uma jornada através do olhar pelo próximo, pela bondade, pela luta por justiça e acima de tudo, pelo contato humano.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Aproveitando então os elementos das histórias citadas para emocionar a todos que se deixam levar pela vida de Memo e Ova.

Prepare o lenço, pois vai precisar!

Memo possui uma deficiência intelectual e vive com a filha, Ova, em um vilarejo da Turquia. Um dia, o homem é acusado injustamente de um crime e acaba sendo preso. Logo, acompanhamos o seu dia a dia na prisão, a forma como as pessoas o tratam, as mudanças na vida de sua filha e como em meio a tudo isso, um milagre palpável pode acontecer!

Mehmet Ada Öztekin dirige a produção da Turquia que se trata de um remake de um filme Sul-Coreano de 2013 e diferente do que muitas pessoas pensam, não é uma história baseada em fatos.

O diretor trata a obra com muita delicadeza e esforço para dar um tom dramático do início ao fim, criando então situações que irão impactar o público diversas vezes. Além de realizar um trabalho objetivo em sua edição, ele explora bem os cenários e as paisagens, para nos dar uma dualidade de dois lugares diferentes para os mesmos acontecimentos. Isso impulsiona ainda mais a emoção que vão das cenas entre Memo e Ova, aos instantes mais complicados do protagonista dentro da prisão.

Todo esse apuro faz com que o ritmo se torne algo cativante, ainda que certas sequências se delonguem sem necessidade, nada atrapalha a experiência pretendida que tem por objetivo mexer com todos os sentimentos de quem está assistindo. E este ponto se deve muito ao elenco, em grande parte por Aras Bulut İynemli, premiado ator na Turquia, que dá vida a Memo. Há um esforço corpóreo e de expressões para entregar inocência, medo e ao mesmo tempo esperança través dos olhares, da fala e das ações do personagem. Desde o começo, Aras cria uma atmosfera em torno de si onde os demais o acompanham com a mesma maestria técnica e de igual modo, nós somos capturados por sua atuação, nos levando a desejar a melhor resolução para esta narrativa.

O texto de Milagre na Cela 7 toma como base o filme de mesmo nome, feito na Coreia do Sul, contudo deixando de lado o humor recorrente do original, somos imersos a um turbilhão de emoções que irão fazer qualquer um cair em lágrimas diante da tela.
Quando começamos a conhecer Memo e Ova, entendemos o dia a dia da família, o esforço para realizar coisas do cotidiano e a forma como algumas pessoas tratam o rapaz no vilarejo. E quando os fatos que o levam a prisão se desenrolam, somos arrebatados por situações extremas, violentas e tristes.

A narrativa faz uso de tais momentos para permear caminhos que mostram a dura realidade de pessoas que vivem em um país em conflito, o abuso de autoridade, a forma como pessoas com deficiência são tratadas, porém sem deixar de lado a esperança.
E se existe algo que o roteiro desta obra consegue nos causar é o pensamento que nos leva a olhar para o próximo de uma maneira completamente diferente. Por isso, essa empatia tão avassaladora sai da tela e alcança cada um dos espectadores, que se torna parte da jornada de Memo, sentindo suas dores, suas alegrias e recebendo junto com ele um milagre palpável. E ainda que alguns queiram encontrar fatos que comprovem essa narrativa ou criem teorias mirabolantes para o seu desfecho, o que importa nisso tudo é que esse filme consegue unir, impactar e constranger até aqueles que se dizem indiferentes aos próprios sentimentos! Não adianta, as lágrimas vão cair!

Milagre na Cela 7 emociona, impacta e leva cativo o espectador dentro de uma história comovente e que ao mesmo tempo consegue falar de diversas questões importantes dentro da sociedade.

Com uma direção que expressa simplicidade, atrelado ao carinho e a dedicação ao contar esta narrativa, ganhamos sequências que irão mexer com todos os sentimentos, além de causar no espectador o anseio por ver algo bom ao final de tudo.

Sendo assim, o que podemos dizer sobre esse filme que mal chegou e já consideramos "pacas"!? Apenas que ao dar play na produção, aproveite, desfrute, se entregue, se quiser, chore. Seja na Coreia do Sul ou na Turquia, o cinema consegue mais um feito: unir pessoas através da emoção!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

244
43

Amigos da Super