Super Dica de Cinema
  16/10/2020 às 15h04

Caixa Preta


5
0
Caixa Preta

A ficção científica nos últimos anos, em diferentes mídias, tem procurado aproximar dilemas e situações de suas narrativas com aquilo que estamos acostumados encontrar em nosso dia a dia. Desde as situações futuristas-sociais de Black Mirror até as condições mais complexas do relacionamento Homem x Máquina de Westworld!

Assim, nesse novo filme original da Amazon Prime, em parceria com a produtora Blumhouse, descobrimos que às vezes mexer na mente humana em prol do avanço da tecnologia pode ser mais complexo do que parece, principalmente quando os sentimentos do passado ainda estão fortes o suficiente para tornar tudo um caos. E por mais que a haja aprimoramento científico, o fator humano ainda é capaz de modificar tudo.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Nolan sofreu um terrível acidente que o colocou em uma condição de morte. Mas por um "milagre" ele voltou, mas parte da sua memória ainda se encontrava apagada. Assim, com a ajuda de conceituada doutora, Nolan terá a oportunidade de recuperar as lembranças tão importantes, o ajudando a continuar sua vida ao lado da filha. Entretanto, cada vez que o rapaz adentra cantos da própria mente, mais obscuro o seu passado e as informações encontradas se tornam!

Emmanuel Osei-Kuffour é quem comanda a produção que faz parte da série de produções denominada Welcome to the Blumhouse, trazendo histórias que misturam ficção, suspense e terror. Aqui, o diretor cria uma atmosfera enigmática desde o início, usando uma câmera que acompanha as expressões de seu protagonista diretamente, acentuando sua condição física e os receios de participar do procedimento da trama.

Ao mesmo tempo, ao criar esse clima de tensão, a direção consegue introduzir também um aspecto que brinca com o sobrenatural, através dos conceitos não-físicos, do subconsciente e dos pensamentos que estão guardados, acabando por se tornar uma forma assustadora. Deste modo, a narrativa vai ganhando ainda mais subjetividade, fazendo com o espectador se sinta atraído pelo entendimento do que realmente o protagonista está vendo e se tudo aquilo realmente faz parte se sua vida. Logo, esse entrelaçar de ideias e conceitos ficam ainda mais sólidos quando pontos da história vão sendo revelados aos poucos!

Ao passo que vamos entendendo o que aconteceu com Nolan, a perda de sua esposa, o relacionamento com a filha Ava, percebemos o quanto a vida do rapaz se tornou algo desconhecido para ele mesmo. É interessante o quanto a produção também vai deixando elementos para nos fazer entender essa complexidade, como no momento em que Ava precisa indicar onde virar no trânsito, os bilhetes espalhados pela casa e o não reconhecimento de coisas simples do cotidiano.

Quando essa construção fica concreta em tela, o texto então trata de trazer os elementos de ficção científica para perto do espectador. Apresenta a Caixa Preta, as possibilidades do experimento e os resultados que esse novo tratamento pode trazer. Logicamente, os mistérios surgem de maneira ainda mais intensa, principalmente na figura assustadora que Nolan encontra nos momentos que vasculha as memórias de sua vida.

Deste modo o roteiro nos faz entender a capacidade do ser humano de inventar ferramentas capazes de beneficiar pessoas que estão passando por um determinado trauma e se recuperando de algo grave, contudo, até mesmo essa benevolência, tem suas ambições escondidas. Assim, a trama de Caixa Preta vai revelando e assumindo ares mais densos, nos fazendo ficar fixos ao que nos é apresentado até os minutos finais!

Caixa Preta é uma obra que trata das complexidades da mente humana, daquilo que guardamos dentro dos nossos pensamentos e o quanto vasculhar certos pontos da vida pode ser assustador. Ao mesmo tempo, apresenta conceitos de tecnologia que podem ser empregados na realidade, desde que usados da maneira correta.

Com uma direção que estabelece a tensão desde o início, a produção ganha ainda mais força graças ao elenco competente e a uma narrativa que consegue mesclar os elementos de ficção científica com toques sobrenaturais, fazendo o espectador ficar cativo a história até os minutos finais.
Assim, essa nova leva de suspense e terror, nesta era pós-Jordan Peele, encontra mais uma possibilidade: a mente humana e suas capacidades infinitas de criar, guardar informações e causar medo com aquilo que é da própria pessoa. E isso não é Black Mirror, é melhor!

Caixa Preta está disponível na Amazon Prime Video.

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

47
3

Amigos da Super