Super Dica de Cinema
  22/10/2020 às 18h35

Alice Junior


8
0
Alice Junior

Muito tem sido discutido sobre a representatividade de pessoas trans nas mídias de maneira geral. O documentário 'Revelação' da Netlix trouxe essa temática e apresentou diversas situações, e obras, onde homens e mulheres transgênero foram mal representados ou personagens que carregam tais características eram vistos apenas como antagonistas em inúmeras histórias. Mas com o passar dos anos, tal situação começou a se modificar, ainda à passos lentos.

E assim, Alice Junior é um desses novos exemplos de boas narrativas, contadas de uma maneira simples, capaz de cativar o espectador e ao mesmo tempo, quebrar paradigmas, estereótipos e ensinar de jeito didático sobre respeito, questões de gênero e principalmente, aceitação. Eis um filme que toda família deveria assistir!

Alice é uma adolescente trans que vive uma vida entre as questões da escola e seu canal na internet, em Recife. Porém, quando seu pai lhe dá a notícia que irão se mudar, a vida da jovem muda por completo. Agora, vivendo no interior do sul do país e tendo que frequentar uma escola religiosa, Alice terá que enfrentar o preconceito de frente, além de transformar por completo a jornada de todos que estão à sua volta, sendo quem ela é!

Gil Baroni comanda a produção que pode até parecer com qualquer outra comédia romântica com toques adolescente, contudo tanto direção quanto o texto apresentado se encarregam de entregar algo que vai além dos padrões estabelecidos dentro do gênero. Ao começar pela montagem e edição que são ágeis, com inserções em tela que materializam sentimentos, pensamentos e dão às cenas um toque de interação a cada nova situação.

Da mesma forma, o diretor constrói os arcos de maneira inteligente, apresentando situações do cotidiano de maneira natural e assertiva. Isso faz com que a produção consiga ir do drama à comédia com uma fluidez ímpar. Quando Alice encontra dificuldades para usar o banheiro feminino na escola, a cena da discussão do pai com a diretora da escola é algo que nos torcer pela protagonista. Ao mesmo tempo, quando a jovem se envolve numa briga com outro colega, as palavras ditas pela mãe do agressor soam de uma maneira tão maldosa e real que nos tornamos parte das vivencias de Alice.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Tudo isso, logicamente, se deve a atuação de Anne Mota. A atriz entrega toda a realidade, os medos, as frustrações, as esperanças e alegrias de uma vida em que muitas vezes é preciso derrotar o preconceito de cada dia. Através de seu semblante e tom de voz sempre certeiro, e com um sotaque inebriante, a história de Alice assume camadas cada vez mais importantes e necessárias de serem mostradas na grande tela! Torcemos, vibramos, choramos e rimos com a protagonista nos pouco mais de 80 minutos de obra!

Quando começamos a adentrar mais da história de Alice, novas camadas vão surgindo de uma personagem que possui uma força descomunal, principalmente no ato de representar diversas figuras que poucos conhecemos, mas que fazem parte da realidade e que em algum momento, já cruzaram nosso caminho.

Alice enfrenta o preconceito, os pensamentos mais retrógrados e até mesmo a própria exclusão por alguém da comunidade que a deveria abraçar. Todos esses atos são mais do que reais, são marcadas deixadas na existência de inúmeras "Alices" que resistem e vivem pelo nosso Brasil. Infelizmente o país que mais mata pessoas trans no mundo.

Em contrapartida, a narrativa é um verdadeiro manifesto sobre o amor, a igualdade e a liberdade de ser quem quiser, mostrando que a aversão alheia pode ser derrotada, que as palavras agressivas podem ser caladas e até o ambiente mais opressor, pode ser modificado se houver uma ponta de empatia! Logo, Alice Junior é uma produção que deve ser pauta de discussão, apreciada em família, em sala de aula, com os amigos, justamente por trazer, de uma forma simples, mas nada simplória, a realidade de muitos, muitas, muites que certamente irão encontrar traços familiares em tela!

Alice Junior é àquela história que os adultos (ao menos os nada conservadores) gostariam de ter visto na adolescência e certamente, para os adolescentes, servirá de inspiração para serem quem são, levantando bandeiras e indo contra o preconceito que muitas vezes se encontra nos seus ambientes de convívio!
Com uma direção que trata a temática com carinho, bom humor e dinamismo, temos uma narrativa que se constrói de maneira cativante, principalmente por conta da atuação de Anne Mota, capaz nos emocionar e fazer rir durante toda a duração da produção, de maneira competente e talentosa.

Assim, esta é a jornada de Alice Junior, uma jovem, trans, mulher que presenta tantas outras, que irá inspirar muitos e que serve de exemplo em meio a obscuridade de um tempo em que pessoas que não seguem a normatividade são alvo de ataques constantes. Por isso, que histórias assim se multipliquem, apareçam e transbordem cada vez mais nos cinemas, nas séries, na televisão, em todos os lugares!

Alice Junior está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

88
22

Amigos da Super