Super Dica de Cinema
  31/07/2020 às 18h09

A Barraca do Beijo 2


4
0
A Barraca do Beijo 2

A Barraca do Beijo, de 2018, fez um grande sucesso na Netflix, principalmente com aqueles que estão acostumados com a leva de comédias românticas que o serviço de streaming tenta emplacar a cada mês. Desta forma, uma continuação não era uma ideia distante, então A Barraca do Beijo 2 chegou ao catálogo trazendo os novos caminhos que a vida de Elle precisa percorrer e na tentativa de fazer um novo sucesso, a "parte 2" é tão sem originalidade e infantilizada que fica difícil não pensar em tudo isso como um episódio de qualquer série da Disney voltada para o público pré-adolescente, mas nesse último caso a gente ainda consegue rir! Já aqui...

Elle está no último ano da escola e seu namoro com Noah permanece, mesmo a distância. Agora seus dilemas vão além do que simplesmente esconder o relacionamento do melhor amigo, entre a escolha da faculdade e um novo garoto que chega no colégio, mexendo com os sentimentos da jovem, ela deverá colocar todas as possibilidades que possui diante de si, e fazer as escolhas que mais julgar ser corretas, mesmo que isso mude completamente o que planejou por anos.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Vince Marcello dirige a sequência da produção de 2018, fazendo tudo o que fez no primeiro filme. Os comentários poderiam parar por aqui, pois justamente não há muito o que pontuar dos acertos ou dos erros, simplesmente por se tratar de uma produção sem qualquer demonstração de personalidade. Não há nada de novidade aqui, as montagens são as mesmas, as transições e até mesmo os momentos de humor são previsíveis, filmados do mesmo jeito que na produção original.

Deste modo o tom do filme parece infantilizar o roteiro a cada nova cena. Os estereótipos continuam e os segmentos dos fatos não possuem nenhuma carga dramática suficiente para comprovar que essa continuação era realmente necessária. Parte desses problemas está na falta de uma direção de elenco competente, pois enquanto alguns se esforçam para dar uma sobrevida ao texto medíocre, outros ligam o automático e entregam o que já vimos de qualquer outra produção do gênero. Sem contar que é impossível dar credibilidade à pessoas com mais de 25 anos atuando como adolescentes de 16!

Se por um lado temos uma direção insossa, do outro, há um roteiro que não desenvolve nenhuma das ideias de maneira interessante. Tudo o que Elle passa é o típico clichê de qualquer outra continuação, mas empregado de uma maneira incompetente. Junte isso a vários arcos que são inseridos de uma maneira até atrativa, mas que perdem força ao longo dos cansativos 120 minutos de filme. A competição de dança é bacana, porém sem a carga de urgência pretendida, o drama do casal coadjuvante é vergonhoso, o "novo aluno" aparenta ter mais de 30 anos e a "batida" história da colega de faculdade que surge para atrapalhar o namoro, já foi usada tantas vezes que não convence.

O resultado disso tudo é uma confusão incoerente sem tamanho. Sequências como esta tendem a trazer situações que anulem completamente o que foi estabelecido anteriormente, justamente para dar a protagonista novas opções e instigar o público a saber quem ela vai "escolher" ao final. Dito isso, o desenvolvimento da personagem principal acaba se perdendo num emaranhado de situações que beiram o sexismo, ainda que haja a tentativa de transformar tais acontecimentos a favor de Elle, nada tem base para um verdadeiro amadurecimento, algo que se esvai sem o tratamento correto.

A Barraca do Beijo 2 é aquela ideia de continuação que não sai da maneira esperada. Ao tentar ser uma história sobre amadurecimento, mergulha na infantilidade das situações, gerando uma inconsistência no arco da protagonista.

Com uma direção que somente repete a execução do primeiro filme, nada aqui justifica a existência de uma sequência, além de alcançar o ranking do próprio serviço de streaming. O resultado mais parece um episódio de série longo demais, sem drama suficiente, com um romance que não sabe usar os clichês ao seu favor e totalmente insosso. Neste momento até o primeiro filme parece melhor e lembra dos lances das regras? Esta obra esqueceu de uma do cinema: A continuação normalmente é pior que o original!

A Barraca do Beijo 2 está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

80
18

Amigos da Super