Notícias
  14/08/2020 às 11h12

Sleight - O Truque Perfeito


9
0
Sleight - O Truque Perfeito

Em alguns momentos da cultura pop surge o comentário que os "filmes de super-heróis estão saturados". Ok, convenhamos que temos lançamentos ininterruptos e que os universos compartilhados, ou não, continuam ganhando cada vez mais produções, contudo quando menos esperamos algo diferente aparece, justamente para fazer do primeiro comentário algo desnecessário. E assim, em Sleight: O Truque Perfeito, disponível na Netflix, vamos de encontro a uma jornada do herói diferente, mais pé no chão, sem perder o aspecto fantástico, mas mostrando que nem sempre salvar o mundo é o que está em primeiro lugar na vida de um ser poderoso!

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Bo é um jovem que perdeu a mãe e agora precisa cuidar de sua irmã mais nova. Para isso, ele faz truques de mágica na rua e de forma surpreendente, conquista o público em suas apresentações. Porém, isso não é o suficiente e logo Bo passa a trabalhar para um dos maiores traficantes de Los Angeles. Assim, o que poderia ser uma forma de mudar de vida, se torna cada vez mais perigoso, levando o jovem a enfrentar diversos perigos, mas o que ninguém espera é que seus poderes relacionados aos truques, são tão reais e impactantes quanto seus números de mágica.
J.D. Dillard comanda a produção que apesar do aspecto de filme de super-herói constrói uma série de elementos que vão além de qualquer regra ou fórmula! O diretor não se apoia apenas nos poderes de seu protagonista, ele faz com que cada traço da sua personalidade e das situações que o cercam ganhem devida importância ao longo da história. Construindo então boas cenas de diálogo e interação com o elenco. E quando os poderes do personagem principal precisam ganhar espaço, a direção o faz com uma maneira muito simples, porém colocando o espectador como testemunha quase que única do uso de tais dons.

Ao mesmo tempo Dillard cria uma atmosfera dramática ao ritmo da trama, dando traços cada vez mais profundos e intimistas ao seu filme, entretanto quando precisa demonstrar como o universo onde Bo está inserido é perigoso, não economiza em sequências de violência, por mais que não sejam expostas diretamente, é possível sentir a tensão com o ocorrido. Logo, essa junção entre o realismo e o fantástico transformam a experiência em algo possível e palpável, dando ao gênero cinematográfico nuances que ainda não haviam sido exploradas de uma maneira mais real, logicamente isso também se deve ao roteiro construído!

Algumas produtoras gostam de declarar que seu filme de herói é "sombrio e realista"! E se realmente pararmos para analisar, a palheta de cores acinzentada, a violência gráfica e os elementos dos quadrinhos transformados em meras referências, não fazem desse tipo de obra sombria, tão pouco realista. Já em Sleight, você encontra os dois adjetivos citados no início do parágrafo de uma maneira direta!

Ao passo que vamos descobrindo a história de Bo, um jovem negro do subúrbio de Los Angeles, percebemos que violência e desigualdade o cercam constantemente. Por mais que tenha tentado não estar próximo disso, a necessidade de manter a irmã mais nova sob seus cuidados, o leva a realizar certos trabalhos, porém sempre com o desejo de sair o quanto antes daquele lugar.

Nisso o texto da produção é profundo em tocar na construção de um herói de uma maneira mais centralizada, onde seus poderes, que não são o foco principal, mas recebem uma explicação realista, estão em segundo plano, sendo o artifício para solucionar os problemas que irão se apresentar relacionados a sua vida e família.

Não há aqui grandes inimigos a serem combatidos, exércitos, super vilões ou alienígenas! Novamente se mantém o realismo como o ponto crucial, onde conflitos e dilemas do dia a dia se fazem mais perigosos e o que deve ser feito pelo protagonista está relacionado a sua mudança de perspectiva!

Sleight: O Truque Perfeito faz o que muitas grandes produções de super-herói já tentaram, trata a realidade como se deve, com seus aspectos sombrios e problemáticos que se tão reais quanto perigosos. O foco não está nos poderes do personagem principal e nem como os descobriu, mas no quanto será capaz de mudar de vida, usando disso como um artifício a mais em sua trajetória.

Com uma direção que mescla diversos elementos para nos dar uma história densa, profunda e dramática, a experiência ao final nos leva a pensar em como tudo isso poderia ser possível, caso seres com dons especiais existissem. Pois nem todos querem ser "super" e o heroísmo diário de levantar cedo, enfrentar o dia de trabalho e voltar em segurança pra casa, se torna muito maior que uma batalha interdimensional!

Sleight: O Truque Perfeito está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

270
46

Amigos da Super