Notícias
  26/07/2021 às 13h39

Palavras que Borbulham como Refrigerante


13
1
Palavras que Borbulham como Refrigerante

Haikus são uma expressão artística literária japonesa desenvolvida por monges budistas. O objetivo da arte espiritual do haiku é estar no presente momento e usar os poemas e refletir sobre a filosofia budista zen. Os pequenos poemas tem apenas três linhas (cinco sílabas na primeira linha, sete na segunda linha e cinco sílabas na terceira linha). São de extrema inteligência, falam sobre muitas coisas com poucas palavras. E toda essa definição se encaixa perfeitamente nessa animação!

'Palavras que Borbulham como Refrigerante' chegou na Netflix trazendo uma narrativa um tanto conhecida na temática dos romances adolescentes, mas que conquista por sua simplicidade do texto, na personalidade de cada personagem e emoções que vão aflorando conforme a história se desenvolve. E quando menos se espera, estamos envolvidos na trama de Cerejinha e Sorrisinho, e desejando que naquele verão muita coisa venha acontecer, mesmo em poucas palavras!

Cerejinha é um jovem que escreve poemas Haikus e trabalha num centro geriátrico no shopping da cidade. Sorrisinho é uma jovem influencer que está incomodada com sua aparência devido ao aparelho dentário que colocou, por isso, escolhe andar apenas de máscara. Porém, um incidente faz com que os dois se encontrem e passem a desenvolver uma amizade. Assim, quando um senhor do centro onde Cerejinha trabalha precisa encontrar um velho disco de vinil, a dupla parte na procura ao álbum para fazer com que o senhor Fujiyama volte a sorrir novamente!

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Dirigido por Kyōhei Ishiguro, a produção japonesa é uma parceria dos estúdios Signal MD (Deemo: The Movie, Cyborg 009: Call of Justice) e Sublimation (Dragon's Dogma), com o roteiro de Dai Sato (Cowboy Bebop, Samurai Champloo, Eureka Seven). E logo de início percebemos o apuro técnico nos pequenos detalhes que a animação apresenta.

Desde a movimentação dos personagens aos ambientes, tudo se torna fluido, colorido e ganha um balanço singular quando em cena. É como se ao mesmo tempo que os Haikus de Cerejinha vão sendo citados ou criados, os elementos de cena acompanhem as métricas de sua escrita. O resultado é visualmente poético, repleto de detalhes que preenchem a tela de uma maneira sem igual!

Ao mesmo tempo, a construção do longa nos mostra duas histórias que se conectam através de elementos que são mostrados e quando relembrados, ganham todo o sentido e emoção necessários. Essas jornadas levam o espectador a princípio por um caminho óbvio, onde dois jovens diferentes, que precisam resolver suas questões pessoais se encontram, e passam a desenvolver tanto a si mesmos, quanto seus problemas. Porém, quando menos se espera, o foco deixa de ser apenas nos protagonistas, tornando a animação ainda mais interessante, trazendo personagens já apresentados no início e tudo isso nos encaminhando a um desfecho onde todas as resoluções saltam em tela com ajuda dos Haikus!

Quando analisamos o texto de 'Palavras que Borbulham como Refrigerante' percebemos que não se trata apenas de um anime com temática adolescente, tão pouco focado apenas num romance no verão. E graças a construção dos personagens ao longo da trama, detalhes importantes nos revelam o quanto o ser humano encontra mecanismos de fuga para tentar superar traumas, medos, e perdas ao longo da vida!

Cerejinha tem em seus fones uma forma de não ser incomodado por ninguém, ao mesmo tempo que o barulho ao redor deixa de o perturbar. Só que as consequências disso o fazem não saber como se relacionar com outras pessoas. Já Sorrisinho é famosa na internet, mas a aparência de criança que fazia sucesso pelos seus dentes avantajados, hoje é sinônimo de estranheza e piada, por isso, a máscara se torna uma companheira inseparável. E o senhor Fujiyama se vê agarrado a uma capa de um disco que se perdeu há muito tempo. Mesmo que em posse de parte do objeto, não se vê completo, não consegue encontrar o desfecho que tanto o alegraria!

Os três lados dessa história vão se desenvolvendo de maneira tão simples que o apego aos personagens acontece. E quando chegamos ao clímax onde decisões foram tomadas e uma atitude pode ser a decisiva para que os sentimentos ganham uma nova forma, somos tomados de um sentimento que mescla afeto, felicidade e amor.

Tais pontos são essenciais e fazem falta na maioria das experiências cinematográficas, contudo se tornam ainda mais intensos e importantes aqui! E assim desejamos que o casal fique junto, desejamos que o disco seja encontrado e desejamos ver os fogos do festival percorram o céu para Cerejinha e Sorrisinho!

'Palavras que Borbulham como Refrigerante' é poético, romântico, engraçado e com personagens que certamente irão conquistar o público! Ao mesmo tempo, desenvolve seus protagonistas não apenas com foco no relacionamento, mas demonstrando as possibilidades de se encontrar como pessoa diante de incertezas. Por isso, vai além de um filme sobre adolescente apaixonados, pois percorre os campos da amizade, do afeto e da empatia, de maneira dinâmica, objetiva e criativa. Assim como os Haikus de Cerejinha!

Sem contar o seu design cheio de personalidade, detalhes e fluidez nas figuras apresentadas, nos lugares que percorrem e na forma como o colorido toma conta da tela. Tudo isso dentro de uma narrativa que parece percorrer o caminho do óbvio, mas se tona maior, e mais profunda, ao passo que nos aproximamos do seu desfecho!

Logo, se para fazer um Haiku você mescla criatividade com poucas palavras que conseguem expressar tudo o que sente, esta é uma daquelas produções que em pouco tempo entrega todos os elementos para nos cativar. Ou seja, uma poesia imagética cinematográfica exemplar!

'Palavras que Borbulham como Refrigerante' está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

145
18

Amigos da Super