Notícias
  05/07/2021 às 13h46

Os Croods 2: Uma Nova Era


10
0
Os Croods 2: Uma Nova Era

Conflitos familiares sempre renderam boas histórias no cinema! Dos mais engraçados aos mais intensos, dos introspectivos aos escrachados, sem filtros, uma boa briga entre parentes gera situações icônicas. Se de um lado temos Dona Hermínia brigando com os filhos e as irmãs, já tivemos Meryl Streep discutindo e saindo no tapa de outro. Ou seja, acontecimentos totalmente inspirados em fatos do cotidiano! Mas tudo isso começou em algum lugar!

Por isso, 'Os Croods 2: Uma Nova Era' chega aos cinemas para nos mostrar que entrar em conflito com quem está presente no almoço de domingo não é algo moderno, tem início a muito tempo atrás. Ao mesmo tempo, a animação consegue divertir enquanto faz inúmeras referências à outras obras da cultura pop. E tudo isso para entregar a boa e conhecida "lição" que as animações se empenham para transmitir!

Os Croods seguem sua luta diária pela sobrevivência quando em um desses momentos à procura de um novo lugar para habitar, encontram um refúgio cheio de comida e recursos. Mas lá é o lar dos "Bem Melhores", uma família mais "evoluída" e que conhece Guy. Agora, Os Croods entraram em conflito com as ideias modernas dos "Bem Melhores", ao mesmo tempo que uma ameaça surge colocando em perigo as duas famílias!

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Joel Crawford comanda produção que continua a história da animação de 2013. E por mais que um bom tempo tenha passado entre o filme original e a sequência, ainda assim a história se faz eficiente, divertida e repleta de elementos visuais que deixam tudo ainda mais atrativo! Tanto para crianças quanto para os adultos!

Um dos pontos altos está novamente no design de produção de cada personagem e criatura. Ainda que estejam falando de pessoas das cavernas, os traços ainda fazem questão de os deixarem próximos aos dias atuais, com referências à cortes de cabelo e estilo. Sem contar os detalhes que saltam aos olhos como as marcas na pele e a movimentação dos cabelos. Todo trabalho técnico é minucioso ao empregar a computação gráfica.

Junte a isso, a variedade de criaturas conseguem estabelecer um nível de absurdo e realismo que andam juntos. Tubarões terrestres, galinhas focas, lobo aranhas, entre outros "animais" daquela era, deixam tudo ainda mais engraçado e exageradamente crível diante da história que está sendo contada. O que rende ótimos momentos cômicos, como por exemplo, toda a sequência envolvendo os micos-murro, onde encontramos momentos que vão de King Kong à Star Wars! E os embates ideológicos entre Croods e Bem Melhores sobre comportamento à mesa, criação de filhos e não comer bananas!

Logo, o diretor sabe que pode extrapolar visualmente com cada elemento, e em contrapartida, entregar uma narrativa que consegue apresentar novas camadas aos seus personagens, ainda que isso ocupe um tempo em tela que não era tão necessário, pois a família em si já havia resolvido alguns dilemas que aqui voltam a se repetir! Ótima execução técnica, porém repetindo certas nuances seu roteiro!

"O bando fica unido!" é o que repete o pai dos Croods o tempo todo diante das mudanças que sua família enfrenta e sente ao conhecer os outros humanos que demonstram um conhecimento mais "desenvolvido". Porém isso se torna um contraponto interessante na narrativa, pois enquanto uma família se apega ao valor da união, outra máquina algo que pode distanciar pessoas, pelo simples fato de não considerarem uma figura boa o suficiente!

Toda essa disputa entre o que sempre esteve presente e modernidade se faz assertivo ao longo da narrativa, construindo assim as descobertas que os Croods fazem, a nova forma de ver o mundo, juntamente com inúmeras alegorias dos dias atuais. Como filho que passa tempo demais em frente a uma "tela", os pais que são altamente protetores e a filha que se aventura pela primeira vez, voltando pra casa completamente "embriagada"!

Essas construções funcionam muito bem até o momento onde situações do primeiro filme voltam a se repetir, o que anula completamente o que foi estabelecido no original. É entendível que passou muito tempo entre as obras, mas fazer com que um dos protagonistas volte a ter o comportamento mesquinho gerando os mesmos embates, não é novidade!

Contudo, quando a história entende que isso pode ser deixado de lado, pois não afeta o clímax, a animação abraça novamente o absurdo, entregando uma sequência formidável de formação de equipe de resgate, uma homenagem a Princesa Leia e o encaixe perfeito da lição a ser transmitida!

"Os Croods 2: Uma Nova Era" nos mostra as origens das famosas "tretas" do almoço de domingo e vai além, consolidando uma animação que pega um período da história, atrelada ao absurdo e exagero visual primorosamente bem executados, para contar uma narrativa que funciona dentro de sua proposta de divertir, fazer rir e lógico, entregar uma lição sobre aceitação, respeito e amadurecimento. Agradando públicos de diferentes eras!

Desta forma, ainda que tenhamos uma distância muito grande entre longa original e continuação, a direção comprova a relevância da produção, pautada na capacidade de criar e dar camadas interessantes aos personagens já conhecidos. Mesmo que isso faça repetir certos conflitos já resolvidos.

Ao final, uma coisa é certa, a família, ainda que brigue, passe por situações complicadas ou enfrente uma horda de micos-murro, permanece unida e forte. Seja nessa era ou na que está por vir! E isso, os Croods nos ensinam desde o começo dos tempos!

"Os Croods 2: Uma Nova Era" está em cartaz nos cinemas! 

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

145
18

Amigos da Super