Notícias
  17/05/2021 às 9h23

O Mistério da Casa Assombrada


9
0
O Mistério da Casa Assombrada

Algumas produções deixam claro suas inspirações de clássicos da década de oitenta! "Os Goonies", "Conta Comigo", "Gremlins", e todos os possíveis filmes em que adolescentes se metiam em "altas confusões" e momentos de "tirar o fôlego", servem de molde para que algumas histórias encontrem seu caminho na cultura pop. Não é à toa que "Stranger Things" continue fazendo sucesso e em consequência disso, abra caminho para que obras semelhantes também consigam o seu público!

Assim, em 'O Mistério da Casa Assombrada', que está no catálogo da Netflix, temos uma boa ideia que utiliza e muito o que foi citado acima, apresentando bons personagens, além de uma trama interessante que une elementos sobrenaturais com aventura, porém é sempre importante lembrar que mesmo se inspirando em coisas que dão certo, a criatividade e a personalidade precisam se fazer presentes do começo ao final! E talvez nesse último ponto, o filme perca sua identidade!

Hendrik é um adolescente da cidade grande que se muda contra a sua vontade para um vilarejo no sul da Áustria com a mãe e o irmão Eddi. Logo ele descobre que há algo de estranho na casa em que estão morando, principalmente pelo fato dos vizinhos deixarem claro que o local é amaldiçoado. E tudo parece fazer sentido, quando Eddi começa a ter ataques de sonambulismo enquanto fala sobre um crime que aconteceu no local. Assim, Handrik e os novos amigos tentarão desvendar o que realmente aconteceu para livrar o local do mal que lá habita!

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Daniel Prochaska é quem comanda a produção austríaca que mistura terror com uma aventura para adolescentes! E para isso, a direção se apoia e muito nas referências oitentistas e na forma como conduz sua história! A escolha da ambientação e até mesmo dos atores, nos remete aqueles clássicos que assistimos na "sessão da tarde". Sem contar que a premissa de família se mudando para um local novo onde existem situações não resolvidas, rende bons momentos, para quem sabe como utilizar esses pontos!

O diretor consegue na maioria das vezes emplacar uma dinâmica interessante entre os atores e os mistérios que envolvem o lugar! Para isso faz uso de uma atmosfera de terror desde o começo, criando boas sequências onde temos possessões e manifestações de entidades! E já que boa parte da narrativa acontece dentro da casa da família, a câmera explora os ambientes deixando claro que certos cômodos são palcos perfeitos para fenômenos virem à tona! Resultado disso, consegue provocar aquele "medinho" ainda que seja uma história mais voltada para aventura!

Contudo, o que acaba fazendo a produção perder força é o modo como as resoluções surgem em tela! Dando apenas os minutos finais para que os personagens cheguem as conclusões importantes, vindas de uma sequência anticlimática e sem o senso de perigo que quer transmitir, pois parece deslocada totalmente do restante do filme, a produção perde sua criatividade justamente no final. O que para alguns não será problema com certeza, mas os mais atentos perceberão que não precisava de tudo aquilo acontecer com o protagonista!

E mesmo assim, o roteiro faz um trabalho assertivo!

Aos poucos, a história ganha diferentes formas e estabelece bem os seus arcos, dando camadas aos personagens, ao mesmo tempo que toca em questões que eles precisam resolver em contrapartida ao mistério principal do que aconteceu na casa do título! Tanto protagonista, como coadjuvantes conseguem seu destaque, abrindo possibilidade para certas situações mencionadas por eles, ganhem forma em tela, o que não torna nenhum dos elementos descartáveis!

Assim, as questões familiares são as mais evidentes dentro da narrativa, fazendo com que as soluções para o enigma dos assassinatos também contribua para estabelecer outros vínculos no decorrer da história! Dando espaço para que conflitos sejam desfeitos e que o sentido de lar também venha ser compreendido!

Infelizmente a trama se perde ao adentrar no clímax, acrescentando uma situação de perigo que claramente poderia ter sido evitada pelo protagonista, deixando o sentido perdido para quem está assistindo. Logo, o envolvimento dos demais personagens na questão também não convence de uma solução interessante, tão pouco, a aparição de um antagonista aleatoriamente. Ou seja, se não fossem pelos dez minutos finais o filme certamente seria um novo "clássico" para quem é a mais saudosista!

Mas cumpre seu papel unindo elementos, assustando e entretendo!

'O Mistério da Casa Assombrada' é uma daquelas produções que surpreendem em sua proposta, conseguem entreter, porém se perde dentro do próprio conceito! Ao mesmo tempo, isso não remove da obra a atmosfera dos clássicos dos anos 80, o que certamente deixará quem gosta de um saudosismo na sétima arte muito feliz!

Com uma direção que explora os elementos de terror, mesclado a uma aventura convincente, só faltou mesmo pulso para manter a atmosfera até o desfecho! O que pode ser ruim para uns e plausível para outros. O importante é que no aspecto do entretenimento, há grandes acertos!

Desta forma, se têm algo que as produções mais referenciadas do cinema nos ensinaram é que sempre existe algo a ser desvendado, seja envolvendo um tesouro perdido ou um vizinho de comportamentos estranhos! Se você vasculhar bem vai acabar encontrando um mistério para chamar de seu!


'O Mistério da Casa Assombrada' está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

 

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

102
12

Amigos da Super