Notícias
  24/05/2019 às 13h03

Justiça mantém prisão de motoristas envolvidos em morte de casal na Terceira Ponte, no ES


0
2
Justiça mantém prisão de motoristas envolvidos em morte de casal na Terceira Ponte, no ES

A Justiça decidiu manter a prisão dos motoristas envolvidos na morte do casal Kelvin Gonçalves e Brunielly Oliveira na Terceira Ponte. A decisão ocorreu durante audiência de custódia na tarde desta quinta-feira (23) e as prisões do advogado Ivomar Gomes Júnior, de 34 anos, e do estudante de engenharia Oswaldo Venturini Neto, de 22, foram convertidas em preventivas.

A audiência aconteceu em uma sala que fica dentro do Centro de Triagem de Viana, na Grande Vitória, e os suspeitos ficaram algemados.

Após a juíza Milena Sousa Vilas Boas determinar a manutenção das prisões, Oswaldo foi encaminhado para uma cela no próprio presídio, enquanto Ivomar foi levado para a Penitenciária de Segurança Média 1.

Na decisão, a magistrada justificou que determinou as prisões preventivas para resguardar a ordem pública e ressaltou que os homens assumiram o risco ao terem ingerido bebida alcoólica e dirigirem em via pública em alta velocidade.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook e pelo Instagram.

"A conduta praticada pelos autuados demonstra efetiva e concreta gravidade", pontuou a juíza.

Defesa
A defesa de Ivomar Gomes Júnior, composta por três advogados, pediu que ele respondesse o processo em liberdade provisória, uma vez que é réu primário, tem renda fixa, bons antecedentes e conta com endereço certo. Entretanto, não foi atendida.

Já os advogados de Oswaldo Venturini Neto pediram que ele aguardasse o resultado dos autos em prisão domiciliar, levando em consideração que o autuado mora com os avós e que os mesmos dependem de seus cuidados. A justificativa também foi rejeitada.

Em nota, o advogado Ludgero Liberato, que está na defesa de Oswaldo, afirmou que o universitário está abalado com o ocorrido e lamenta principalmente pelas vítimas e suas famílias. Destacou ainda que está à disposição da justiça para realizar o fornecimento de todas as informações necessárias a fim de auxiliar nas investigações.

Enterro
Os enterros de Kelvin e Brunielly aconteceram na manhã desta quinta-feira, em cemitérios de Cachoeiro de Itapemirim, de onde são as famílias dos dois. O momento foi de revolta e emoção de parentes de amigos.

O acidente
O acidente aconteceu na madrugada desta quarta-feira (22), entre dois carros e a moto onde estavam as duas vítimas que morreram. O casal Kelvin e Brunielly morreu na hora.

Casal morreu em acidente na Terceira Ponte. Kelvin Gonçalves dos Santos tinha 23 anos e a namorada dele Brunielli Oliveira, 17 — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

As investigações apontam que o motorista do carro que atingiu primeiro a moto é o advogado Ivomar Gomes Júnior, de 34 anos. Quem dirigia o outro carro era o estudante de engenharia Oswaldo Venturini Neto, de 22 anos.

"Os dois voaram e depois caíram ao solo. A partir do momento que eles caíram, o veículo Etios que vinha atrás teria passado por cima da menina, dilacerando o corpo dela, e em seguida por cima da motocicleta, arrastando essa motocicleta", falou o delegado Ney Fanfa Ribas Neto.

Ainda segundo o delegado, Ivomar e Oswaldo se recusaram a assoprar o bafômetro e se negaram também a fazer exames de sangue e urina, mas a polícia descobriu que os dois passaram a noite em uma boate, em Vila Velha. Chegaram ao local por volta de 22h e saíram 1h.

Investigadores tiveram acesso a imagens da boate e as comandas, onde fica registrado o consumo.

"Conseguimos também apurar por meio das comendas e por imagens dessa boate que eles fizeram ingestão de bebida alcoólica nesse local, momentos antes do ocorrido", falou o delegado.

Dois motoristas que testemunharam o acidente procuraram a polícia nesta quarta-feira e contaram que Ivomar e Owsaldo estavam em alta velocidade. O delegado concluiu que os dois disputavam um racha sobre a Terceira Ponte.

"Ambas testemunhas narraram que os motoristas estavam a pelo menos 150 km/h no momento do acidente. Também narraram que eles estavam em uma situação de emparelhamento, mudando de pistas, então foi uma situação que eles tiveram convicção de que eles estavam em uma disputa mesmo", falou.

Os dois motoristas envolvidos não quiseram dar suas versões sobre o caso à imprensa quando chegaram à delegacia e também se negaram a responder as perguntas da polícia, se reservando no direito de permanecerem calados.

Por volta de 16h30 desta quarta (22), os dois foram levados para o Centro de Triagem de Viana, onde permanecem presos.

Ivomar e Oswaldo vão responder por embriaguez ao volante e duplo homicídio com dolo eventual, o que significa que eles assumiram o risco de provocar um acidente com morte ao dirigirem embriagados e disputarem um racha.

"Ele assume a possibilidade daquele resultado com a sua conduta. Isso se deu em função justamente porque eles estavam em uma situação de racha, então foi por isso que optamos pela autuação por homicídio doloso", explicou.

Carros envolvidos no acidente na Terceira Ponte — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Por G1 ES

Link da matéria original:
https://g1.globo.com/es/espirito-santo/noticia/2019/05/23/justica-mantem-prisao-de-motoristas-envolvidos-em-morte-de-casal-na-terceira-ponte-no-es.ghtml

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

215
39

Amigos da Super