Notícias
  27/01/2017 às 9h46

Imunização contra febre amarela reduz doações de sangue no ES


0
5
Imunização contra febre amarela reduz doações de sangue no ES

A grande procura por vacinas de febre amarela no Espírito Santo reduziu o número de doações de sangue. A direção do Hemocentro do Espírito Santo (Hemoes) informou que o estoque do banco de sangue estadual já está abaixo do ideal.
Em Colatina, estão chegando ao limite e as plaquetas já acabaram.
Os doadores de sangue que tomarem a vacina de febre amarela precisarão esperar 30 dias poderem para doar.

O diretor do Hemocentro de Colatina, José Carlos Tosato Jr, afirma que após o início da vacinação cautelar na cidade as doações diminuíram.

“Antes de começar a vacinação, nós tínhamos uma média de 50 doadores por dia. Nesta semana, só tivemos um doador. Nossos estoques de concentrado de hemácias são suficientes para atender a região por uma semana, mas os de plaquetas já acabaram”, falou.

De acordo com o diretor, a vacina de febre amarela contém o vírus vivo atenuado que não é capaz de infectar uma pessoa saudável.
“Já o paciente que precisa receber o sangue doado, é um indivíduo que está com baixa imunidade. Por isso, ele não pode receber um sangue que contenha o vírus, por risco de contrair a doença”, disse.

Tosato informou que, no Carnaval, a procura por sangue costuma ser grande devido, por exemplo, a acidentes. Doadores de sangue que tomaram a vacina contra febre amarela há menos de 10 anos podem procurar o Hemoes para doar sangue antes e se vacinar depois. Isso porque, o intervalo de tempo (validade) entre a primeira e a segunda dose da vacina é de 10 anos.

Fonte: G1/ES

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

135
17

Amigos da Super