Notícias
  10/06/2021 às 13h52

E o hit improvável do DJ Ivis, enfim, derrubou o reinado de Batom de Cereja


2
1
E o hit improvável do DJ Ivis, enfim, derrubou o reinado de Batom de Cereja

"Eeeeeeeeeeuuuu to com saudaaaaaaaadeeeeee..."

Um hit improvável sobre a saudade de uma sentada colocou um ponto final em um reinado do sertanejo.

O canto deliciosamente alongado da frase no topo deste texto realmente desbancou "Batom de Cereja" do topo do YouTube Brasil e no Spotify.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Este é "Volta Bebê, Volta Neném", de DJ Ivis e DJ Guuga. Desde 23 abril, no YouTube, não tem para ninguém.

O primeiro lugar é dessa dupla. No Spotify, como Ivis postou há pouco, mais motivo para comemorar. O topo também é de "Volta Bebê, Volta Neném", com 30 milhões de audições em 30 dias.

A potência de Israel e Rodolffo, catapultada ao topo do Brasil graças à participação do segundo deles no Big Brother Brasil, ocupa o terceiro lugar na lista de músicas mais tocadas no YouTube e não parece mais ter fôlego para reagir, embora tenha sido a música mais tocada nas rádios do Brasil no último mês de maio, segundo a plataforma Audiency.io. O duo sertanejo, aliás, já lançou uma nova tentativa de hit, "Faz Amor Comigo Só Hoje", com participação de Wesley Safadão.

Diferentemente de todo o aspecto clean, do clima de boate, da barba meticulosamente por fazer e do gosto de cerveja long neck na boca de "Batom de Cereja", "Volta Bebê, Volta Neném" é um hit muito mais palpável, entende?

É um sofrimento de gente como a gente que transborda destes versos e pintam um cenário mais popular, de mesa de boteco na calçada, chinelo no pé e dor no coração.

Nenhum dos dois artistas da música, Guuga ou Ivis, é um cantor de erudições - a voz que soa nasalada de Guuga, aliás, demora para engrenar -, mas esta é a beleza da proposta. A letra assinada por Ivis fala da falta que faz uma "sentadinha" específica de alguém. Não sei se precisa explicar, mas estamos falando de sexo. É uma canção de desamor, é claro, como tantas outras que ouvimos em 2021, mas com uma carga emocional desesperada.

O cantor até propõe uma espécie de celibato (talvez exagerado dada a hora da madrugada e a quantidade de goró ingerida até o momento do desespero): "Se não for você / Não vai ser ninguém". Lançada em 26 de março, a canção se tornou trilha sonora perfeita para tempos de isolamento social (afinal, apesar do que parece acontecer por aí, o distanciamento ainda é recomendado). Quem segue à risca as recomendações da OMS e está com saudade de uns beijos na boca e de uma sentada, eis a canção a embalar seu chororô.

Fonte: Uol
Foto: Reprodução/Internet
Link da matéria original: https://www.uol.com.br/splash/colunas/pedro-antunes/2021/06/01/e-o-dj-ivis-conseguiu-derrubar-o-reinado-de-batom-de-cereja.htm

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

63
7

Amigos da Super