Notícias
  17/07/2020 às 11h50

Desperados


6
0
Desperados

Já falamos muito sobre comédias românticas por aqui, mas nem sempre a ideia mais interessante aparente consegue se desenvolver do jeito esperado em tela, o que transforma toda a história em uma vergonha sem tamanho. Este é o resultado de Desperados, nova comédia da Netflix que apesar de ter uma premissa divertida, vai aos poucos deixando de ser, abraçando uma confusão em sua narrativa que nem mesmo a personagem imaginava. E a graça? Está em algum lugar no filme, difícil mesmo é você encontrar!

Wesley está em uma fase difícil da vida. Sem emprego e tentando equilibrar as contas, ela decide embarcar nos encontros às cegas para ver se ao menos no lado amoroso as coisas dão certo. Porém, logo no primeiro date, nada sai como esperado, só que ao sair do restaurante encontra Jared, um homem que rapidamente conquista o seu coração. Os dois saem e tem uma noite incrível, mas do nada, o rapaz perfeito some, isso faz com que Wesley envie um e-mail para ele repleto de xingamentos. Entretanto tudo muda quando Jared liga informando estar se recuperando de um acidente e assim, a moça irá entrar numa confusão atrás da outra para deletar a mensagem enviada e salvar seu relacionamento.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Como puderam perceber, foi complicado deixar um resumo da trama se ao menos entregar algum ponto importante. Isso só evidencia os problemas que essa produção possui. Dirigido por L.P, a construção do filme é complemente desconexa e aparenta ter mais jeito para série do que para um longa-metragem. Desde a sequência inicial numa escola, envolvendo um diálogo com uma freira, até a mudança de cenário para que a história venha se desenvolver, as cenas parecem não ter conexão alguma. Como se fossem apenas situações que não conseguem dialogar entre si. Isso faz com que o ritmo seja arrastado, cheio de momentos desnecessários ou constrangedores. Logicamente, este ponto se faz presente nas piadas. A direção parece não saber quando e como encaixar a situações cômicas, tornando então tudo muito artificial e ao mesmo bobo demais. O que faz a atuação de Nasim Pedrad soar como caricata e sem jeito algum para a comédia. Assim, não há como se convencer que aquela situação inteira está sendo feita por uma pessoa adulta e isso é em grande parte problema do roteiro.

O que movimenta a trama é justamente a intenção de apagar um e-mail repleto de comentários nada agradáveis. E só, nada mais ali possui uma real preocupação de parecer consistente o suficiente para fazer sentido. Por mais que estejamos falando de uma comédia romântica, o que encontramos aqui é mais o estilo "pastelão" mal empregado do que qualquer outra coisa que encontramos no gênero. De piadas que vão de quedas, nu em local público, animais que surgem e mais quedas protagonizadas por Wesley, os poucos momentos que se consegue esboçar um sorriso é quando a personagem principal está acompanhada pelos demais do elenco, que infelizmente são limitados aos estereótipos típicos: as melhores amigas que sabem o que é certo, mas não intervém, o cara certo que é dispensado o tempo todo e o foco da história que acaba se tornando outra coisa. Tudo isso já foi visto e revisitado diversas vezes por filmes assim, ou seja, não há nada de novo e muito menos com humor por aqui!

Desperados entra para o time da Netflix de comédias dispensáveis e nada engraçadas. Com uma premissa que até aparentava ser interessante, a história vai se perdendo dentro do que quer contar, tornando tudo cansativo. Com uma direção genérica alinhada a uma edição completamente desconexa, falta no filme um ritmo adequado para ser de fato algo que faça rir. Entre erros maiores que acertos, fica então uma lição importante: Nenhum crush na vida vale uma viagem à outro país e se você deixou uma mensagem repleta de xingamentos, uma coisa é certa, em algum momento ele/ela mereceu!

Desperados está disponível na Neftlix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

272
46

Amigos da Super