Notícias
  14/08/2020 às 11h15

Dançarina Imperfeita


11
0
Dançarina Imperfeita

Líderes de torcida, bandas marciais, corais e os mais diferentes esportes, Hollywood está abarrotada de filmes onde os personagens precisam enfrentar grandes competições em diferentes modalidades, estilos ou formas de arte. E a dança entra nessa lista! Logicamente existem outras obras que também tratam da temática, mas um clichê quando bem executado se torna divertido, interessante e engraçado. Este é o caso de Dançarina Imperfeita, novo filme da Netflix, que se apoia em elementos conhecidos para atrair a atenção do público de um jeito simples, mas assertivo. Até porque uma boa história sobre os desajustados derrotando os populares, todo mundo gosta!

Quinn quer muito entrar para uma prestigiada faculdade, mas em sua entrevista de admissão descobre que precisa fazer muito mais para conseguir uma vaga e isso requer que ela entre para a equipe de dança de sua escola. Contudo, a jovem não leva jeito para tal, só que com a ajuda de sua amiga Jas, e de um famoso coreógrafo, tentará virar o jogo e conseguir ingressar na faculdade tão desejada.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Dirigido por Laura Terruso, a produção da Netflix mergulha no universo das comédias românticas, com trama de competição, para fazer de algo conhecido, porém consegue estabelecer uma narrativa divertida do começo ao fim. É interessante como a direção utiliza das redes sociais e dos famosos números de dança postados no Youtube para se inspirar e criar boas sequências, até mesmo inserindo esses elementos durante as cenas. Esse tom atualizado dá a história, que carrega um formato estabelecido de outras obras, um ritmo que cativa o espectador.

Por mais que saibamos o que vai acontecer, oriundo daquela fórmula básica onde a "garota que não sabe algo, aprende, compete ao lado dos amigos, sai vencedora e apaixonada", a produção traz consigo uma leveza e a despreocupação de transmitir uma grande lição ou estabelecer regras que provavelmente seriam descumpridas ao longo do roteiro. O que importa aqui é entreter quem assiste.

Para isso temos as clássicas sequências de desafio de dança, ensaios, tentativas de apresentações e as montagens que envolvem diferentes estilos, mostrando as influências que cada personagem carrega em seus movimentos. Por mais que os estereótipos saltem a tela, isso não atrapalha a interação da equipe, tão pouco os momentos de humor onde as piadas e acontecimentos se encaixam de forma adequada!

Quando pensamos na história de Dançarina Imperfeita percebemos que é uma amálgama de muitas outras que já vimos, ainda assim realiza um feito que poucas produções do serviço de streaming, com essa temática, conseguem: entreter. Os conflitos da protagonista misturado ao seu dia a dia no ensino médio se torna algo entendível e fácil de ser "comprado" pelo público. Não existem grandes problemáticas e tão pouco o texto se preocupa em tocar em pontos que poderiam ser descartados ao longo da história. Tudo aqui é direto ao ponto.

A montagem da nova equipe, a procura por um coreógrafo, os conflitos acerca da carreira e da pressão familiar. De uma maneira bem humorada tais construções se tornam pontos que facilitam o desenvolvimento do roteiro.

Assim, se é necessário aprender a dançar, Quinn irá aprender, rendendo boas sequências por conta de sua falta de ritmo e com a interação certeira com Jas. Aliás, Sabrina Carpenter e Liza Koshy, conseguem convencer, tanto como adolescentes do ensino médio, quanto em sua relação de amizade. A primeira é desajeitada na medida certa e vai de dócil à corajosa ao longo da trama de maneira convincente, já a segunda é a comédia expressiva, graças as piadas que dispara e feições que demonstram muito sobre o que está acontecendo.

Logo, a produção fala sobre a mudança de pensamento sobre quem você é, como podemos nos encontrar onde menos se espera e que às vezes as expectativas que criamos, nos prejudicam do que facilitam nossa jornada! Uau! Tudo isso em uma comédia romântica de competição? Sim, e nem precisou de mais de duas horas para contar!

Dançarina Imperfeita é aquele clichê divertido, cativante e engraçado na medida certa. A produção sabe que não precisa se levar a sério, muito menos exagerar em certos pontos, trazendo então uma leveza e simplicidade assertiva ao que quer contar, realizando então o trabalho certo ao entreter. Com uma direção eficaz dentro de sua proposta, e que busca influência nas mídias atuais, tanto nas coreografias quanto no tom de humor, há um acerto evidente.

Desta forma, entre tantas opções dentro do catálogo da Netflix, eis uma obra que serve para fazer o público dar boas risadas, despreocupar e quem sabe sentir vontade de dançar um pouco! Ah! Mais uma coisa: Netflix, não precisa fazer continuação! Obrigado!

Dançarina Imperfeita está disponível na Netflix!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

270
46

Amigos da Super