Notícias
  09/04/2015 às 14h56

Casa noturna do cantor Sorocaba barra frequentador que usa chapéu de palha.


Casa noturna do cantor Sorocaba barra frequentador que usa chapéu de palha.

  A casa sertaneja Woods, em São Paulo, está barrando a entrada de clientes que usam chapéu caipira, de palha.
  Segundo o veterinário André de Mondego, ele pagou R$2.500 por um camarote e seu avô foi barrado na entrada por usar um chapéu de palha “Fui comemorar meu aniversário lá há 15 dias e tive que tirar meu chapéu. Tinha sido presente do meu vô do Mato Grosso, pô!”, disse o estudante que foi curtir os shows da dupla Roberto Nunes e Alexandre e Heitor e Vinícius.
  “Na minha terra, tira-se o chapéu para uma moça bonita ou para uma senhora de respeito. Mas nunca para mulher de balada”, diz Mondego. “Ainda mais para a hostess!” Para não perder a celebração, ele entrou de cabeça à mostra.

  A assessoria de imprensa da Woods confirma que acessórios sertanejos não são bem-vindos. Diz que “se o chapéu foge do estilo country ou sertanejo”, pede para que a pessoa deixe o adereço no carro.

  A atitude da casa noturna causou revolta de alguns seguidores nas redes sociais que ironizaram a atitude postando frases como “E agora quem vai de ônibus? Vão barrar também?”. A atitude antipática da casa noturna repercutiu na rede na tarde desta terça-feira (9), após a notícia ser publicada na Folha de São Paulo.

Fonte: Movimento Country 

sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

171
18

Amigos da Super