Notícias
  01/10/2021 às 17h04

A Casa Sombria


6
1
A Casa Sombria

Um dos temas mais corriqueiros do gênero de terror é o que envolve residências mal-assombradas! Há sempre um mistério, uma história, algo que envolve o local ou que ocorreu, reverberando até o momento da chegada de novas personagens na narrativa em questão. E às vezes, tal empreitada pelo sobrenatural, está relacionada ao natural, deixando com que espectador crie teorias e embarque na viagem subjetiva da trama do começo ao fim!

Neste caso, 'A Casa Sombria' chegou aos cinemas, apresentando uma jornada sobre vida, morte, luto, com uma atmosfera sobrenatural envolvente e sustos que certamente irão fazer o público saltar da poltrona. Ao mesmo tempo, ao trabalhar com as nossas percepções, o mistério que envolve a história vai ganhando cada vez mais formas, tal qual a casa em questão e quando menos esperamos, somos surpreendidos por mais um momento de arrepio!

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Beth acabou de perder o marido e vive em uma casa à beira do lago! Conforme os dias passam, a jovem segue sentindo a dor de ver quem ama partindo, porém logo estranhos acontecimentos começam a cercá-la. E não apenas isso, mas há algo no passado do marido que ela precisa entender, algo que envolve outras mulheres e uma casa idêntica à sua do outro lado do lago. Assim, Beth irá confrontar o passado, ao mesmo tempo que algo além do natural perto e presente o tempo todo!

David Bruckner comanda a produção abraçando os filmes de casa mal-assombrada e os dramas que trabalham as fases do luto de uma maneira diferenciada, capaz de brincar com as percepções de quem assiste! Este não é um filme óbvio, apesar dos sustos seguirem com uma certa convencionalidade do cinema de terror, mesmo assim, o diretor se encarrega de transitar entre o subjetivo e sobrenatural, de maneira exímia!

Para isso, a direção utiliza os espaços da casa de maneira ampla, tornando cada cômodo ainda mais espaçoso quando necessário, ou claustrofóbico para nos dar a sensação do que ocorre com a protagonista. Ao mesmo tempo, os objetos cênicos se tornam silhuetas assustadoras, personas entalhadas em cantos da residência, o que nos dá a sensação de perigo iminente nos entregando situações em que somos surpreendidos.

Essas surpresas nos carregam atentos até os minutos derradeiros onde as revelações começam a ser expostas diante da tela, contudo, até este momento acontecer, o diretor nos abre um leque de possibilidades, que vão desde um suspense investigativo onde temos um possível assassino em série, à uma trama repleta de elementos do oculto, envolvendo entidades, sacrifícios e body horror. E por mais que possa parecer uma grande mistura sem sentido, cada um desses pontos chegam a um elemento comum: A vida e o pós morte da protagonista!

Logo, Rebecca Hall precisa ser enaltecida! A atriz entrega em sua Beth toda intensidade de uma atuação que vai da inocência, da dor, do luto, e o sentimento de falta, ao cinismo, o sarcasmo e incredulidade diante dos fatos que vão se desenrolando. Desta forma, sua presença (a única em boa parte do filme) nos convence de certos pontos da narrativa, de igual modo que nos deixa desconfiados em outras. Ou seja, não apenas a direção consegue, mas a própria Beth manipula nossas percepções!

Um dos maiores questionamentos da humanidade é o do que existe após a morte.

Para alguns paraíso, para outros, sofrimento, e existem aqueles que não esperam nada depois que partirem deste plano. E lógico, há muito mais crenças que expõem suas colocações sobre este assunto. E no texto de 'A Casa Sombria' este questionamento ganha uma dualidade bem específica e clara: Pós morte de quem morreu e o daqueles que ficaram para lidar com os sentimentos sobre quem morreu!

Deste modo, Beth é a nossa guia durante todo esse processo, e não estamos falando apenas dos estágios do luto (1. Negação · 2. Raiva · 3. Barganha ou Negociação · 4. Depressão · 5. Aceitação.), mas também de uma entrega que não está apenas relacionada em abandonar certos pontos da vida, já que há algo desconhecido sobre a figura do marido e que agora pode estar à sua volta querendo algo. Porém, o que é? A resposta que encontra a faz assumir novas facetas desses estágios, que para alguns podem parecer loucura, só que o tom de humor obscuro misturado ao sarcasmo que personagem passa a sustentar, funcionam perfeitamente diante dos acontecimentos!

Assim, a narrativa da obra nos faz adentrar os elementos apresentados tentando assimilar se o que estamos vendo é verdadeiro ou apenas a protagonista se vê naquela situação. E para alimentar ainda mais as dúvidas, os coadjuvantes, ainda que pontuais, colocam essa incerteza com mais intensidade, ao passo que as experiências sobrenaturais vão acontecendo. Uma casa idêntica a de Beth é encontrada, objetos destinados a rituais surgem, livros passam a trazer informações pertinentes e o contato direto com o obscuro abre possibilidades distintas de interpretação. Tanto da personagem principal quanto nossa!

Ou seja, há algo naquela casa, naquele lago, ou é apenas um reflexo na água? Será que as colunas da residência que formam uma aparência macabra mesmo, ou não passa de ilusão de ótica? Em quem acreditamos?

'A Casa Sombria' é um daqueles filmes de terror que não apenas nos instigam a ficar atentos à tela desde o início da trama, mas vai nos preparando, ou não, para certos momentos, manipulando as percepções do público e deixando livre as interpretações do que está realmente acontecendo. Deste modo, ao perambular entre o sobrenatural, o drama e o suspense psicológico temos um exemplar competente de uma obra que além de nos render aos sustos, nos leva cativos por sua narrativa.

Boa parte disso, se dá a direção que consegue criar situações exímias com os elementos propostos e à atuação de Rebecca Hall, responsável por nos dar respostas e encher de dúvidas quem assiste!

Ao final, a reposta sobre o que acontece depois que morremos ficará a seu critério responder, pois nem sempre em vida temos todas as afirmações necessárias, tão pouco a visão para entender tudo o que está diante de nós. Para alguns paraíso, para outros, sofrimento, e existem aqueles que não esperam nada depois que partirem deste plano. Já para os fãs de terror, um deleite visual e narrativo!

'A Casa Sombria' está em cartaz nos cinemas!

Will Weber
Geek Guia

Tags
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

53
4

Amigos da Super